• Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Mindful Eating (Comer com Atenção Plena)

February 1, 2018

 

O termo Mindful Eating vem da palavra mindfulness que significa atenção plena. Associando-a à alimentação, Comer com Atenção Plena.
Apesar de o mindfulness ter sua origem no Budismo, sua prática possui benefícios comprovados cientificamente e não necessariamente precisa estar vinculada à espiritualidade.

 

Ter atenção plena ao comer é fazê-lo com consciência e começa antes do ato em si.
Começa já ao optar por um determinado alimento.  Fazer essa escolha de forma consciente é entender o que está associado à ela:
É porque está com fome? Ou é só vontade de comer?
É porque a nutricionista recomendou pois faz bem pra saúde? Ou é porque o sabor é maravilhoso? Ou os dois?
É porque traz conforto em momentos de tristeza? É porque promove bem estar?
É realmente esse alimento que vai satisfazer nesse momento?

Comer com atenção plena é ser capaz de identificar todos estes fatores e saber equilibrá-los sempre: ter respeito pelo seu corpo e sua saúde sem desconsiderar as preferências alimentares.

 

Um ambiente tranquilo e agradável favorece a atenção plena. Para isso, na hora de comer é necessário deixar de fazer outras atividades simultaneamente: desligar a TV ou o computador, guardar o celular, fazer uma pausa no trabalho e em outras atividades que possam consumir uma parte de sua atenção. Hora de comer é hora de comer.

 

Saborear um alimento com atenção plena é estar consciente de todos os estímulos que ele nos oferece:
Qual sua aparência? O que mais chama atenção nele?
Quais os aromas?
Como é a textura? É macio ou crocante? Em que temperatura está?
Qual o sabor? Corresponde à minha expectativa?
Que memórias, quais sensações e emoções ele desperta?

 

Comer com atenção plena é também estar atendo aos sinais de fome e saciedade: comer quando se tem fome, parar de comer quando se está satisfeito.

É ser apenas um observador, evitando julgamentos e pensamentos depreciativos enquanto come. É ter carinho por si mesmo e pelo alimento, desfrutar do momento em toda sua plenitude.


Em consequência, os benefícios são inúmeros: maior prazer ao comer, melhora da relação com a comida, melhora de comportamentos alimentares, melhora de sintomas decorrentes de maus hábitos e até perda de gordura corporal.

 

Se interessou? Que tal experimentar em sua próxima refeição?

Texto postado originnalmente em 01 de Fevereiro de 2017

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Posts Recentes

13/05/2019

Please reload

Arquivos